Sunday, 25 April 2021 19:52

Arnaldo Marques irrepreensível à chuva

Written by

Arnaldo Marques (Datsun 1200) irrepreensível à chuva recuperou vários lugares após saída de pista e garantiu o triunfo na primeira corrida do Campeonato de Portugal de Velocidade 1300

Fazendo justiça ao ditado popular que aponta para o mês de abril águas mil, foi debaixo de um forte temporal que decorreu a primeira corrida do Campeonato de Portugal Portugal de Velocidade 1300 no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, no âmbito do ANPAC Racing Weekend, com o triunfo de Arnaldo Marques ao volante do seu Datsun 1300 (Cat. H71).

Com a pista a obrigar atenção constante por parte dos pilotos, evitando aqui e ali alguns lençóis de água que poderiam sempre determinar saídas de pista, o pelotão saiu em partida lançada com as ultrapassagens a exigirem maestria por parte dos mais atrevidos. De mestre, aliás, poderá ser a qualificação para a prestação de Arnaldo Marques que, depois de não conseguir evitar um pião com o seu Datsun 1200 que o levou a passear sobre a relva adjacente à pista, regressou desde o sétimo posto para diversas ultrapassagens, a última das quais na derradeira passagem sobre a reta da meta que lhe permitiu ser o primeiro a receber a bandeirada de xadrez.

Destaques ainda desta corrida para a prestação regular de Paulo Mendes que andou sempre na frente da corrida até à última curva, vendo aí o seu Toyota Starlet (Cat. Legends) ser superado pelo Datsun 1200 de Arnaldo Marques, sendo de destacar ainda a prestação de José Fafiães (cat. H75), também em Datsun 1200, que, após sair do final da grelha de partida, conseguiu subir até ao terceiro lugar da geral.

Com a chuva a ser uma constante e a deixar diversos lençóis de água espalhados pela pista, todos os pilotos conseguiram ainda assim proporcionar um agradável espetáculo nesta primeira corrida do dia do CPV 1300 à qual faltou apenas o colorido do público que ficou ausente desta jornada em Braga por força do contexto pandémico do Covid-19.

Por categorias, Arnaldo Marques triunfou na Categoria H71, Paulo Mendes terminou na frente entre os concorrentes à Categoria Legends, José Fafiães foi o melhor entre os pilotos de Categoria H75 e por fim, digno de registo, o brilhante sexto lugar à geral garantido por Manuel Alves (Categoria 1), primeiro classificado entre os Fiat Punto que disputam o Desafio ANPAC. Miguel Barbosa, nono classificado à geral, venceu a corrida no Desafio Toyota, competição inserida no Desafio ANPAC.

Last modified on Monday, 26 April 2021 21:14