Tuesday, 08 October 2019 13:04

Kia Picanto GT Cup deram espetáculo no Rallye Vidreiro Centro de Portugal!

Written by
Rate this item
(0 votes)

Sem ‘espinhas’ e com muito ‘picante’ à mistura! Assim pode ser descrita a passagem do Kia Picanto GT Cup pelo Rallye Vidreiro Centro de Portugal, depois de as quatro duplas em prova terem travado mais uma animada batalha pelo triunfo na categoria RC5!

Com fiabilidade à prova de ‘bala’ e muita velocidade a acompanhar, a ‘Armada’ Kia Picanto GT Cup concluiu esta terceira jornada da sua aventura no Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) de forma irrepreensível, com todos os seus representantes a receberem o carinho do muito público presente na Praça Stephens, local onde decorreu a cerimónia do pódio.

Para a história ficará o regresso aos triunfos de Tiago Raposo Magalhães/Tiago Carvalho (#37), o reforço da liderança de Hugo Araújo/Fernando Miguel (#32) nas contas da categoria RC5, a enorme evolução de Nuno Caetano/Mário Feio (#50) e a grande combatividade de Francisco Esperto/António Serrão (#29) — todos a darem espectáculo ao longo dos dois dias da prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande!

SURPRESAS... E CONFIRMAÇÕES!

Após longos meses de ausência, o regresso à competição (e à prova onde conduziram a estreia do kit de ralis do carro) de Tiago Raposo Magalhães/Tiago Carvalho acabou por correr melhor do que o esperado.

Com o objectivo de comprovar, em primeira mão, as evoluções introduzidas em 2019 no Kia Picanto GT Cup, o CEO da CRM Motorsport e o Diretor de Após-Venda da Kia Portugal venceram quatro das oito classificativas do percurso, coroando da melhor maneira esta sua presença com um inesperado, mas saboroso triunfo. Este, no entanto, em nada afecta as contas da categoria RC5, dado que não se encontram inscritos no Campeonato de Portugal de Ralis.

“Foi uma prova incrível e um resultado ainda melhor graças a um pequeno carro de competição que não para de surpreender”, reconhecia no final da prova Tiago Raposo Magalhães. “Penso que não restam dúvidas acerca da versatilidade do Kia Picanto GT Cup, nem dos seus argumentos técnicos, resultando num pacote vencedor na Velocidade e nos Ralis ajustadíssimo a quem procura uma experiência de condução divertida a custos reduzidos”, conclui.

Para o navegador Tiago Carvalho, “as evoluções de 2019 elevaram ainda mais a emoção a bordo do Kia Picanto GT Cup. Mantendo a fiabilidade reconhecida à marca, é hoje um carro mais completo e entusiasmante, confirmando o trabalho que foi desenvolvido e motivando-nos a fazer mais e melhor em todos os projectos desportivos com assinatura da Kia Portugal e da CRM Motorsport”, assegurou.

RAPIDEZ E MATURIDADE

Cientes da situação em que se encontrava a dupla do Kia Picanto GT Cup nº 37 apoiado pela Charm Flats e Hertz, os atuais líderes da categoria RC5 Hugo Araújo/Fernando Miguel ajustaram o ritmo em concordância, apesar do entusiasmo inicial se ter traduzido em dois triunfos nas PEC 2 e 4, e de terem repetido o resultado nos dois últimos troços.

“Foi um grande rali, totalmente desconhecido para mim e em que o mais importante era acumular pontos importantes para o nosso campeonato. Somámos mais um excelente resultado e só posso agradecer à CRM Motorsport, aos adeptos e aos patrocinadores todo o apoio e confiança demonstrada”, avançou o piloto Cardan apoiado pelo Grupo Copefi, GVB, Tudor, Cardan, Mr Pizza, U-Fit e Intermarché Marinha Grande.

“Vencemos quatro especiais, demonstrado a enorme curva de aprendizagem do Hugo, e cumprimos todos os objectivos traçados à partida para esta prova”, ressalvou Fernando Miguel, que destacou, ainda, a maturidade do seu piloto a bordo do carro nº 32.

EVOLUÇÃO CONTÍNUA

Igualmente em êxtase pela sua prestação na Marinha Grande, Nuno Caetano/Mário Feio garantiram mais um pódio na sua caminhada nos ralis. Este com um sabor especial:

“Estamos muito contentes com o nosso desempenho no Rallye Vidreiro Centro de Portugal. Sentimos que começam a ver-se os primeiros resultados desta aposta e que depois de um período de habituação aos ralis estamos mais consistentes e a conseguir extrair mais desempenho do carro. Agora é continuar a trabalhar para encurtar distâncias!”, salientou o piloto do carro nº 50, bem-disposto.

PENSAMENTO POSITIVO

No quarto lugar da categoria RC5 e entre o batalhão do Kia Picanto GT Cup terminaram Francisco Esperto/António Serrão, com a dupla a admitir que a prova não lhes correu de feição.

“Sentimos algumas dificuldades em encontrar o melhor acerto para o carro, retirando-nos confiança na abordagem aos troços. Os ralis são mesmo assim e estas coisas sucedem a todos, mas estamos já com o pensamento no Rali do Algarve, última prova da nossa participação no Campeonato de Portugal de Ralis em 2019 e onde ainda tudo pode acontecer na decisão da categoria RC5!”, destacou o homem do volante do carro nº 29 apoiado pela Auto Avenida, Mercado de Algés, Graforio e JMCS.

Concluída esta terceira presença no Campeonato de Portugal de Ralis, os divertidos Kia Picanto GT Cup estão de volta à competição entre 24 e 26 Outubro, agora na sua versão de Velocidade para a 5ª e última ronda da segunda temporada do Troféu monomarca.

Read 72 times

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.