Sunday, 03 November 2019 12:35

Clássicos, Clássicos 1300 e Legends deram espetáculo no AIA

Written by
Rate this item
(0 votes)

Depois de sexta-feira terem disputado os treinos cronometrados, os campeonatos de Portugal de Clássicos (CPVC), Clássicos 1300 (CPVC) e Legends (CPVL) tiveram este sábado as primeiras corridas do fim de semana. Fique com um resumo de um dia que já definiu alguns dos campeõs de 2019.

CPVC E CPVC 1300

João Macedo Silva, no espetacular Porsche 911 RSR, começou por garantir a pole position, mas com Carlos Vieira a curta distância no Ford Escort RS1600, que antes desta prova recebeu um upgrade para Grupo 5. Na corrida deste sábado, Macedo Silva atrasou-se logo na primeira volta, devido a um pião, abrindo caminho para uma exibição irrepreensível de Carlos Vieira, que assim conseguiu a sua primeira vitória após o regresso à competição na prova anterior, em Braga. Os protagonistas da categoria H75 ficaram logo atrás, com uma intensa discussão pelo primeiro lugar entre Macedo Silva, Rui Azevedo, Joaquim Jorge e Rómulo Mineiro. Todos eles passaram pelo comando dos H75, mas o piloto do Porsche conseguiu superar a armada Escort já nas últimas voltas. Rui Alves completou o top 5 dos H75, enquanto o Porsche 911 RS 3.0 do regressado Pedro Bastos Resende garantiu o 6.º lugar da categoria. Nos H71, vitória para o Lotus Elan 26R de Joaquim Soares, seguido pelo Alfa Romeo GTAm da dupla Bruno Duarte – Filipe Jesus, enquanto João Vieira completou o pódio, ao volante do Porsche 914 6GT.

Nos H81, o triunfo ficou para Jorge Cruz no BMW 323i, que foi acompanhado no pódio da Corrida 1 pelo novo campeão da categoria, Fernando Xavier (Volkswagen Scirocco) e por Nuno Augusto (Ford Escort Mk2 RS2000). O regressado Pedro Serrador, no Porsche 928S, ficou logo a seguir, enquanto Pedro Poças foi obrigado a desistir logo na primeira volta, devido a um problema no acelerador do seu Porsche 924.

O pódio do Grupo 5, liderado por Carlos Vieira, também teve António Soares (Ford Escort RS1600) no 2.º lugar e Luís Carlos (Ford Escort Mk2) no 3.º posto. José Balça (Lotus Cortina) venceu os H65 e foi 3.º classificado na Taça 1600, ganha por Joaquim Soares, seguido por Fernando Xavier.

Nos Clássicos 1300, Bruno Pires voltou a mostrar a sua rapidez e juntou a pole position à vitória na Corrida 1 entre os H71.  O piloto do Datsun 1200 sagrou-se automaticamente campeão, com as ausências de Paulo Miguel MG Midget e Cândido Monteiro (Datsun 1200), que matematicamente era os únicos pilotos que poderiam impedir o título de Bruno Pires. Nos H75, José Fafiães protagonizou um excelente regresso aos Clássicos 1300, vencendo a categoria com o Datsun 1200, na frente de João Braga (Datsun 1200), que com este resultado conquista o título dos H75. O pódio da categoria ficou completo com o estreante Pedro Barbosa, também em Datsun 1200, terminando na frente de Luís Alegria (Datsun 1200) na luta pelo pódio. Miguel Barata, no seu Datsun 1000, foi o vencedor entre os pilotos da Taça 1000.

Domingo, a Corrida 2 dos Clássicos e Clássicos 1300 disputa-se a partir das 17h40.

CPVL

Os Legends voltaram a apresentar uma das grelhas mais diversificadas do fim de semana, com Luís Barros a conseguir o melhor tempo nos treinos cronometrados, ao volante do Ford Sierra RS500. O piloto de Famalicão venceu depois a Corrida 1 na categoria L90, seguido pelos Honda Civic de Hugo Branquinho e Marco Basílio. Nos L99, triunfo para o consagrado António Barros (BMW M3), que subiu ao pódio acompanhado por José Meireles (Toyota Carina E) e Nuno Figueiredo (Volvo 850 T5 Estate).

Na Especial, Vasco Barros foi o mais forte, com o piloto do Mercedes 190 DTM a conseguir inclusive superar o seu pai, ao volante do Mercedes 190 DTM. Jorge Serôdio, no BMW 320s, foi o 2.º classificado da categoria, seguido por João Luís, no exótico Renault Spyder Trophy. Na categoria Livre, vitória para o Volvo 850 de Miguel Monteiro, seguido pelo Honda Civic de Sérgio Pinto e pelo Toyota Corolla GTi de Nuno Gonçalves. Na Taça 1300 o mais forte foi Luís Império, ao volante do Citroën AX.

Nos Fiat Punto 85 oriundos do Troféu FEUP, vitória para o jovem Manuel Alves, que se tinha estreado em Braga, sendo acompanhado no pódio de Portimão por outra jovem esperança dos Legends, João Barroso, e pelo novo campeão dos FEUP 2, Tiago Montes. Mais azarados, Manuel Araújo e a dupla António Areal – Romeu Silva ficaram pelo caminho logo nas primeiras voltas.

Read 97 times

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.