Thursday, 31 October 2019 17:42

Benimoto sai de Portalegre com duas vitórias e um campeão

Written by
Rate this item
(0 votes)

Excelente 7º lugar absoluto de Filipe Cameirinha

Com 15 pilotos inscritos, a Benimoto teve uma presença de destaque na 33ª edição da Baja Portalegre 500, derradeira jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno Road to Dakar e também do Troféu Can-Am onde diversos dos seus pilotos estão também envolvidos.

Desportivamente, o destaque vai para Filipe Cameirinha que navegado por Nuno Cavaco, entre 120 equipas terminou a corrida em 7º lugar. Um andamento só superado entre os pilotos inscritos pela Benimoto por parte de Ricardo Domingues navegado pela sua mulher Catarina Marques que foram os terceiros mais rápidos no final da prova. Uma penalização de 12 minutos “empurrou-os” todavia para o 13º lugar.

Andamento muito forte também para Avelino Luís, o mais rápido da Benimoto no prólogo onde realizou o 7º tempo absoluto. Rolou quase toda a prova em posições de Top 10, mas falhou essa posição por escassos 26s, tendo terminado em 4º lugar dos Veteranos.

Se estes foram os pilotos mais rápidos da equipa outros houve que saíram da Baja de Portalegre depois de terem subido ao lugar mais alto do pódio. Estamo-nos a referir à dupla Helder Novo/Gilberto Reis vencedores da classe Promoção, tal como já tinha acontecido em Reguengos, e ao par Luís Cunha/José Lupi que triunfou na classe Stock do Troféu Can-Am. Na Classe Promoção o brasileiro Daniel Mahseredjian acompanhado por Fábio Belo foi o 4º classificado.

Em jornada de estreia de salientar que superaram com sucesso, uma prova difícil como é a Baja Portalegre 500, as duplas Ricardo Filipe/Paulo Cardoso, Miguel Barbas/Nuno Neves sendo que ambos os pilotos já anteriormente tinham disputado a Baja, mas na competição moto.

Bem-sucedida foi também a estreia nos SSV por parte de Manuel Mello Breyner, ex-presidente da FPAK e com um currículo desportivo notável que se fez acompanhar por Bernardo “Dudu” Simões.

Menos sorte teve o consagrado Ruben Faria que depois de fechar o primeiro dia de competição no Top 10 não conseguiu concluir a prova, o mesmo acontecendo com os espanhóis Victor Grasa e Manuel Navarro.

Apesar de alguns contratempos também concluíram com sucesso a derradeira jornada do CNTT, Rui Farinha/Rui Pita, Marco Marques/Nelson Santos, Sérgio Baptista/Gonçalo Magalhães, Nelson Caxias/Carlos Rebola. Nelson Caxias viu confirmado o seu título de campeão da Classe Promoção.

Com a Baja Portalegre 500 a fechar as contas da temporada de registar ainda o 2º lugar na Classe Promoção para Daniel Mahseredjian, o 2º lugar na Classe Stock do Troféu Can-Am por parte de Luís Cunha, o 4º lugar entre os Veteranos para Avelino Luís e o 4º lugar por equipas para a Benimoto.

Read 91 times

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.