Monday, 11 November 2019 20:01

GoodYear estreou-se a vencer no WEC em Xangai

Written by
Rate this item
(0 votes)

A Goodyear fez história em Xangai, na terceira ronda do Campeonato do Mundo de Resistência da FIA 2019/20 (WEC), ao conseguir a sua primeira vitória desde que regressou ao automobilismo internacional esta temporada.

O Jota Sport Oreca de Roberto Gonzales, Anthony Davidson e Antonio Félix da Costa venceu após uma batalha, que durou toda a corrida, com o outro protótipo equipado com pneus Goodyear, o Jackie Chan DC Racing, pilotado por Ho-Pin Tung, Gabriel Aubry e Will Stevens. O triunfo do Jota Sport foi a primeira vitória da Goodyear numa corrida de um Campeonato do Mundo da FIA desde Michael Schumacher e a Ferrari no Grande Prémio de Itália de 1998.

A corrida de quatro horas começou com uma impressionante largada de Will Stevens, que foi a rampa de lançamento para conseguir a ultrapassagem que lhe garantia a liderança na curva três. Enquanto que os carros de LMP1 lutavam por aquecer os seus pneus, Stevens aproveitou uma das vantagens dos pneus Goodyear, que é subirem de temperatura muito rapidamente. O que lhe permitiu superar tanto o Toyota Hybrid vencedor absoluto das 24 Horas de Le Mans, como o Rebellion que saiu da pole, resistindo, assim, aos carros mais potentes durante duas voltas.

Para não ficar para trás, Davidson realizou uma manobra similar na segunda volta para passar para a terceira posição. Davidson e Stevens foram os protagonistas do primeiro stint, com ambos os ex-pilotos de Fórmula 1 a marcarem o ritmo no circuito de 5,4 km. Aos 45 minutos, Davidson conseguia, mesmo, que as duas primeiras posições fossem da Goodyear.

Após o primeiro turno de condução, Stevens louvou a performance do pneu: “O pneu Goodyear funciona realmente bem, basta ver que temos lutado pelas duas primeiras posições. Temos sido rápidos tanto numa volta, como em conseguir um grande ritmo de corrida com longos stints”. A sua superioridade tornou-se mais evidente ao registar a volta mais rápida da corrida (1:52.213).

A meio da corrida, González consolidou a liderança do carro da Jota, com o herói local, Tung, aos comandos do carro da Jackie Chan, a segui-lo de perto. Tung também elogiou o desempenho dos pneus Goodyear: "Os pneus Goodyear, novos esta temporada, estão a funcionar muito bem, como demostramos tanto nós, como como o carro da Jota que lidera".

Pouco depois, os três primeiros passaram a estar todos equipados com pneus Goodyear, quando a equipa da High Class Racing ascendeu a uma posição de um potencial pódio, com Mark Patterson a mostrar uma impressionante consistência, juntamente com os seus companheiros de equipa Anders Fjordbach e Kenta Yamashita.

A batalha entre os carros da Jackie Chan e da Jota dominou as atenções na última hora de corrida. Quando Aubry efetuou a sua última paragem para reabastecimento, Félix da Costa colocou-se na dianteira para assegurar a vitória.

Mike McGregor, Diretor da Goodyear de Vendas de Competição, Testes e Apoio em pista, referiu: "Foi um tremendo esforço trazer a Goodyear de volta ao automobilismo internacional. Depois do nosso pódio na segunda corrida da temporada, no mês passado, em Fuji, é incrível continuar a melhorar com uma dobradinha. Obrigado aos nossos parceiros da Jota Sport por nos darem a oportunidade de nos associarmos a eles no nosso primeiro ano de regresso à competição num Campeonato do Mundo. Temos mais novidades para finais desta temporada, mas, entretanto, vamos celebrar esta vitória histórica".

A próxima corrida do Campeonato do Mundo de Resistência da FIA terá lugar no próximo dia 14 de Dezembro, quando da realização das 8 horas do Bahrain.

Read 156 times

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.