Monday, 20 July 2020 17:58

Manuel Fernandes e António Barros dominam nos Legend

Written by

Os pilotos dos Legends a entrar em acção logo pela manhã, tendo como palco um AIA banhado pelo madrugador sol algarvio.

CORRIDA 1

Alguma falta de comunicação e descuido de algumas equipas lançou a confusão na hora da largada e, assim, alguns pilotos acabaram por sair cedo demais, outros demasiado tarde. O vencedor entre os Legends, Manuel Fernandes (BMW 320d), foi um dos que entrou em pista cedo demais e foi forçado a sair do final da grelha. Esta situação adicionou mais emoção à corrida, com uma recuperação fantástica do piloto de Vila Real, ajudada, como o próprio reconheceu, pela excelente afinação do BMW 320d e uma condução exuberante do piloto.

Foi o regresso à competição de Manuel Fernandes, sublinhado com uma saborosa vitória. Joaquim Soares (BMW M3) e Nuno Figueiredo (Volvo 850 T5 Estate) completaram o pódio à geral. Nas diferentes categorias, João Sousa (Fiat Punto 85) venceu entre os FEUP2, nos L85/2000 a vitória sorriu a Hugo Pereira (Toyota Corolla GT), nos L-90/1300 foi o Peugeot 205 de Nélson Silva a levar a melhor e nos L-90/2000 o troféu de vencedor ficou nas mãos de Hugo Branquinho. Nos L99, Joaquim Soares ganhou com o BMW M3, nos L-99/2000 a vitória foi para Tiago Ribeiro (Honda Integra Type R), Nuno Barroso levou o seu Peugeot 306 GTI à vitória entre os Especiais e Pedro Fernandes (BMW 320d) ganhou na Livre.

CORRIDA 2

A segunda corrida do Campeonato de Portugal de Velocidade Legends, disputou-se após a pausa para almoço e encaminhava-se para ser uma fotocópia da primeira manga disputada pela manhã.

Não foi devido á intensa luta entre António Barros (BMW M3), Joaquim Soares (BMW M3) e Nuno Figueiredo (Volvo 850 T5 Estate) pelo segundo lugar, pelo “safety car” que foi forçado a entrar em pista devido a um despiste, Manuel Fernandes não ganhou a corrida como sucedeu na primeira manga – até porque era Hugo Mestre quem estava ao volante – e a prova terminou com o “safety car” entregando a vitória ao BMW M3 de Joaquim Soares. Um final polémico depois de algumas confusões com bandeiras amarelas, vermelhas, intervenção do “safety car” e carros de assistência em pista que quase provocava um acidente grave. A discussão permaneceu, mas a classificação final ficou sem alterações.

Nas diferentes categorias, João Sousa (Fiat Punto 85) venceu entre os FEUP2, nos L85/2000 a vitória sorriu a Hugo Pereira (Toyota Corolla GT), nos L-90/1300 foi o Peugeot 205 de Nélson Silva a levar a melhor e nos L-90/2000 o troféu de vencedor ficou nas mãos de Hugo Branquinho. Finalmente, nos L99, Joaquim Soares ganhou com o BMW M, José Almeida (Honda Integra Type R) e Sérgio Pinto (Honda Civic) ganhou na categoria Livre.