Monday, 14 December 2020 23:19

Hugo Mestre vence a última do Legends 2020

Written by

Hugo Mestre (BMW 320d) venceu a última corrida da temporada 2020 do Campeonato de Portugal de Velocidade Legends, disputada no Autódromo do Estoril.

Encerrou a temporada 2020 do Campeonato de Portugal de Velocidade Legends, com Hugo Mestre a vencer a derradeira corrida realizada no Autódromo do Estoril. Com o BMW 320d sem resmungos, Hugo Mestre fez um arranque cauteloso atrás de Miguel Monteiro (Volvo 850 T5), mas no final da primeira volta já tinha assumido o comando da prova, que manteve até à bandeira de xadrez.

O segundo lugar na corrida foi para o Renault Spyder de João Luís. O piloto aproveitou as dificuldades do Volvo de Miguel Monteiro para reclamar um saboroso pódio, na frente de Nuno Figueiredo. O piloto do Volvo 850 T5 Estate aproveitou os problemas do carro de Miguel Monteiro para repetir o terceiro lugar do pódio.

Destaque para a excelente recuperação de Joaquim Soares (BMW M3). Saindo do final da grelha de partida, recuperou várias posições até ver a bandeira de xadrez no sétimo lugar. A oposição dos Honda de Tiago Ribeiro e Hugo Branquinho não permitiu ao piloto do BMW M3 ir mais além. O Top 10 da corrida ficou fechado com Sergio Monteiro (Fiat Tipo 16V), Sérgio Pinto (Honda Civic) e Jorge Marques (Toyota Starlet 1300).

O piloto do Toyota Starlet 1.3 esteve em excelente plano, liderou os L1300 e junto com Diogo Barros, em carro idêntico, e Nelson Silva (Peugeot 205 Rallye) ofereceram um vislumbre daquilo que podem ser as corridas com estes modelos de baixa cilindrada. É verdade que Paulo Mendes conheceu problemas e teve de passar pelas boxes, abandonando a luta pela vitória na classe e que Nelson Silva foi forçado ao abandono, mas as lutas em pista deixaram uma bela imagem sobre o potencial desta categoria.

Igualmente espectacular foi a corrida da categoria FEUP2. Os irrequietos Fiat Punto 85 ofereceram um espectáculo à parte, particularmente João Sousa e Rui Silva. Os dois pilotos trocaram de posição dezenas de vezes, numa luta leal e muito interessante, sob o olhar atento de Tiago Lindo e Manuel Araújo. Terminaram no terceiro e quarto lugar da categoria, respectivamente, pois os dois da frente destacaram-se apesar da luta intensa que protagonizaram.

Numa corrida que conheceu cinco abandonos – um deles o de António Barros (BMW M3) - referência para a resiliência de Paulo Ferraz (Renault Clio 16V) e Horst Baptista (Renault 5 GT Turbo).

Contas feitas às diversas categorias, Hugo Mestre (BMW 320d), ganhou na Livre e João Luís (Renault Spyder) na Especial. Nos L99 ganhou Nuno Figueiredo (Volvo 850 T5 Estate) e nos L99-2000 a vitória ficou nas mãos de Tiago Ribeiro (Honda Integra Type R). Hugo Branquinho (Honda Civic) venceu os L90-2000, Jorge Marques (Toyota Starlet 1.3) ganhou no L85-1300, enquanto que João Sousa (Fiat Punto) e Gustavo Moura Jr. (Alfa Romeo 156) conquistaram a vitória, respectivamente, no FEUP2 e FEUP3.