Thursday, 27 August 2020 20:45

Porsche apresenta novo Panamera Híbrido

Written by

Uma simbiose de contrastes única: o novo Porsche Panamera cobre um espectro ainda maior de conceitos. Combina as prestações de um verdadeiro desportivo com o conforto que se espera de uma berlina de representação exclusiva.

Com o Panamera Turbo S de 463 kW (630 cv), a marca de modelos desportivos assegura as suas pretensões de oferecer as melhores prestações do segmento. O novo topo-de-gama supera, por uma margem dilatada, os valores de prestações anunciados pelo anterior Panamera Turbo. Mas a Porsche também mantém a aposta na estratégia da E-Performance. Nesse sentido, o Panamera 4S E-Hybrid é uma nova adição à gama de modelos híbridos plug-in, disponibilizando uma unidade motriz totalmente nova com uma potência total de 412 kW (560 cv). Se compararmos com os modelos híbridos anteriores, a autonomia no modo totalmente eléctrico foi aumentada até 30%. Também o conforto e a dinâmica foram ambos beneficiados pelas melhorias nos componentes do chassis e dos sistemas de controlo que se combinam com uma nova geração de direcção e pneus.

Turbo S: de 0 a 100 km/h em 3.1 segundos

Com uma potência máxima de 463 kW (630 cv) e 820 Nm de binário, o novo Panamera Turbo S oferece mais 59 kW (80 cv) e 50 Nm de binário que o anterior topo-de-gama Panamera Turbo com motor de combustão. Como seria de esperar, este facto tem um efeito decisivo nas prestações: no modo Sport Plus, o Panamera Turbo S é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3.1 segundos. Desenvolvido em Weissach e construído em Zuffenhausen, o motor 4.0 V8 biturbo foi totalmente renovado para permitir ao Panamera atingir os 315 km/h de velocidade máxima. Para conseguir transmitir tamanha potência à estrada de uma forma controlada e maximizando a velocidade de passagem em curva e o dinamismo, a suspensão pneumática de três câmaras, o Porsche Active Suspension Management (PASM), o sistema ativo de controlo de movimentos de carroçaria, Porsche Dynamic Chassis Control Sport (PDCC Sport), que inclui o Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus), foram personalizados para cada modelo especifico e optimizados de acordo com os mesmos.

O novo Panamera Turbo S já deu provas das suas inquestionáveis capacidades e prestações no lendário Nordschleife em Nürburgring: o piloto de testes Lars Kern completou os 20.832 km da mais exigente pista do mundo em exactamente 7:29:81 minutos – um novo recorde oficial no segmento dos automóveis executivos.

Ainda mais desportivo e confortável graças aos sistemas de chassis optimizados

O motor V8 biturbo que equipa o Panamera GTS foi optimizado tendo em vista a entrega de potência. Com 353 kW (480 cv) de potência e 620 Nm de binário, o novo Panamera GTS disponibiliza mais 15 kW (20 cv) do que o seu antecessor. A potência vai crescendo de forma continua até praticamente ao regime máximo do motor. A entrega de potência é, assim, muito similar à de um desportivo clássico equipado com um motor atmosférico. O som característico de um tradicional motor V8 é ainda mais evidente, graças ao sistema de escape desportivo proposto de série e que conta com saídas com silenciadores colocados assimetricamente.

Os novos Panamera e Panamera 4 passam a estar equipados, em todos os mercados mundiais, com o conhecido motor 2.9 V6 biturbo. Com 243 kW (330 cv) de potência e uns generosos 450 Nm de binário, as prestações nestes modelos mantêm-se inalteradas.

O chassis e todos os sistemas de controlo e apoio foram evoluídos no sentido de reforçar o carácter desportivo, mas também confortável, de todos os novos modelos Panamera. Por exemplo, o melhorado Porsche Active Suspension Management (PASM) permite uma melhoria significativa no conforto do amortecimento, enquanto o sistema eléctrico de controlo dos movimentos de carroçaria do Porsche Dynamic Chassis Control Sport (PDCC Sport) assegura uma maior estabilidade aos novos Panamera. Há a registar ainda uma nova geração de controlo da direcção e de pneus.

Panamera 4S E-Hybrid com uma bateria de 17.9 kWh e autonomia de até 54 km

Com o novo Panamera 4S E-Hybrid, a Porsche apresenta ainda uma nova geração de modelos híbridos plug-in orientados para as prestações e dinamismo. A sofisticada combinação de um motor eléctrico de 100 kW (136 cv) integrado na caixa PDK de dupla embraiagem com oito velocidades com o motor 2.9 V6 biturbo de 324 kW (440 cv) permite uma potência total combinada de 412 kW (560 cv) e um binário máximo de 750 Nm. As prestações são, como seria de esperar, impressionantes: quando equipado com o Pack Sport Chrono proposto de série, o Panamera 4S E-Hybrid acelera de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos. A velocidade máxima anunciada é de 298 km/h. A capacidade da bateria também passou dos anteriores 14,1 kWh para os 17,9 kWh, utilizando células optimizadas e os modos de condução também foram melhorados no sentido de proporcionarem uma utilização ainda mais eficiente da energia. O novo 4S E-Hybrid tem uma autonomia no modo totalmente eléctrico de até 54 km, de acordo com as normas WLTP EAER City.

Visual ainda mais distinto e expressivo

Os novos modelos Panamera – que além da versão berlina, também podem ser encomendados nas variantes Sport Turismo e Executive, com uma maior distância entre-eixos, dependendo da motorização – passam a estar equipados de fábrica com a dianteira Sport Design, anteriormente disponível como opção, com umas impressionantes grelhas de entrada de ar, aberturas de refrigeração laterais de maior dimensão e módulo de iluminação dianteira com apenas uma “barra”. A totalmente nova secção frontal do Panamera Turbo S distingue-se pelas entradas laterais de maior dimensão e novos elementos na cor da carroçaria, que estão ligados horizontalmente, enfatizando, assim, a largura do Panamera. Os módulos de iluminação duplos frontais da variante Turbo estão ainda mais afastados.

A renovada faixa de luz na traseira passa a acompanhar de forma contínua a tampa da mala com um contorno devidamente integrado. Esta opção de design permite criar uma ligação fluida e contínua entre os redesenhados módulos traseiros de iluminação LED. Os desportivos modelos GTS passam a contar de série com uns novos e escurecidos módulos de iluminação traseira Exclusive Design, incluindo uma função dinâmica de “coming/leaving home”. Três novos modelos de jantes de 20 e 21 polegadas foram adicionados à gama, passando assim a estar disponíveis para escolha um total de 10 diferentes designs.

Conectividade digital e sistemas de assistência ao conforto e segurança

O sistema Porsche Communication Management (PCM) passa a incluir algumas novas funções digitais e serviços melhorados como o sofisticado reconhecimento de comandos por voz Voice Pilot, o sistema Risk Radar que permite dispor de informações actualizadas sobre sinalização ou perigos na via e a ligação sem fios (wireless) ao Apple® CarPlay, além de muitos outros serviços conectados. O novo Panamera também oferece um extenso leque de sistemas de iluminação e apoio, como o Lane Keeping Assist (LKA) com reconhecimento de sinais de trânsito que é de série, ou o Porsche InnoDrive que inclui o cruise-control adaptativo, Night Vision Assist, Lane Change Assist (LCA), faróis LED MATRIX que incluem PDLS Plus, Park Assist com sistema Surround View (visão 360º) e o head-up display.

O novo Porsche Panamera já está disponível para encomenda e estará nos concessionários da marca em meados de Outubro. Em Portugal, os preços (incluindo impostos em vigor à data deste comunicado) começam nos 120.930,00 euros para o modelo Panamera de tracção traseira. Todos os demais modelos incluem tracção integral e os preços começam nos 125.973,00 euros para o Panamera 4, nos 138.589,00 euros para o Panamera 4S E-Hybrid, nos 189.531,00 euros para o GTS e nos 238.569,00 euros para o topo-de-gama Panamera Turbo S.