Thursday, 09 September 2021 20:15

Porsche Mission R

Written by

A Porsche apresenta o Concept Mission R no IAA

Mesmo a tempo do arranque do IAA MOBILITY 2021 em Munique (de 7 a de 12 setembro), a Porsche proporciona uma espetacular visão pelo futuro da indústria automóvel. O concept Mission R combina tecnologias pioneiras e materiais sustentáveis, como plásticos reforçados com fibras naturais, com a paixão pela competição. Em combinação com o design progressivo, o extremamente baixo automóvel elétrico de competição apresenta as linhas características dos automóveis desportivos de Estugarda-Zuffenhausen. Os dois novos motores elétricos incorporados no Porsche Mission R disponibilizam até 800 kW (1.088 cv) no chamado modo qualifying. A capacidade da bateria é de cerca de 80 kWh e o inovador sistema de recuperação torna possível acelerar em modo competição sem perda de potência.

"A Porsche é a marca para pessoas que preenchem os seus sonhos. Isto também é verdade no desporto automóvel. Nós experienciamos a nossa força inovadora no circuito, demonstramos a nossa coragem na perseguição por novos caminhos e na satisfação dos nossos clientes com performance desportiva," afirma Oliver Blume, Chairman do Conselho Executivo da Porsche AG. "Como complemento ao nosso envolvimento no Campeonato Mundial de Formula E, estamos agora a dar o próximo grande passo em direção à mobilidade elétrica. Este concept é a nossa visão de automóvel de competição elétrico para clientes. O Mission R incorpora tudo o que torna a Porsche forte: performance, design e sustentabilidade."

O desporto automóvel entre clientes desfruta de elevada estima na Porsche. Desde o início da Porsche Carrera Cup Deutschland, há 31 anos, o construtor de automóveis desportivos produziu e entregou mais de 4.400 automóveis Cup a partir de Weissach. Um total de 30 troféus monomarca são assegurados em todo o mundo com base nestes fiáveis automóveis de elevadas prestações. A última versão do 911 GT3 Cup na época desportiva de 2021 é baseada na geração 992. O Porsche Mission R oferece uma indicação sobre o que poderá ser o futuro dos troféus monomarca.

O automóvel de tração integral disponibiliza 1.100 cv no modo qualifying e acelera dos zero aos 100 km/h em menos de 2,5 segundos. Velocidade máxima: mais de 300 km/h. Em pista, o automóvel elétrico de competição alcança o mesmo tempo por volta que o atual Porsche 911 GT3 Cup. Com os novos motores elétricos e as células da bateria – todos equipados com uma inovadora refrigeração a óleo – o concept Porsche Mission R produz uma potência constante de 500 kW (680 cv) no modo race. A chamada “derating”, ou seja, a redução da potência da bateria devido às condições térmicas, foi eliminada. Um motor com até 320 kW (435 cv) alimenta o eixo dianteiro, enquanto um máximo de 480 kW (653 cv) é entregue ao eixo traseiro. Com a avançada tecnologia de 900 volts e o Porsche Turbo Charging, uma paragem de 15 minutos em corrida é tudo o que é necessário para carregar a bateria de 5 até 80 por cento SoC (state of charge). O carregamento pode ocorrer até 340 kW. O Mission R apresenta também novos desenvolvimentos no Porsche Active Aerodynamics (PAA) com Drag Reduction System (DRS) na secção do nariz e na asa traseira. Compreende três lamelas em cada uma das entradas de ar laterais da secção do nariz, assim como uma asa traseira ajustável de duas secções.

Em adição ao inovador conceito de propulsão elétrica, a carroçaria do concept foca-se também na redução de CO2 e na sustentabilidade: é largamente composta por plástico reforçado com fibras naturais (NFRP), material produzido a partir de fibras de linho obtidas a partir da agricultura. Este material ecológico é também usado no lábio do spoiler dianteiro, difusor e saias laterais. O NFRP é utilizado de forma extensiva no interior do Mission R, tais como painéis das portas, traseira e banco.

O design interior foca-se, em todas as áreas, no condutor. Um ecrã ergonomicamente colocado entre os controlos do volante apresenta os dados relevantes durante a corrida. O monitor acima da coluna de direção apresenta as imagens das câmaras dos espelhos retrovisores laterais e central. Um ecrã tátil à direita do banco pode ser utilizado para mostrar os dados biométricos do condutor, por exemplo. Inúmeras outras câmaras no interior podem ser utilizadas para oferecer sequências fascinantes para uma transmissão em direto.

Com o projeto Mission R, a Porsche aproxima, mais do que nunca, a competição real da virtual. A monocoque do condutor duplica-se exatamente da mesma forma como um simulador de esports. A estrutura de segurança, produzida com materiais compósitos em fibra de carbono, combinam elevado potencial de proteção para o condutor com baixo peso e uma imagem distinta. Os engenheiros e designers da Porsche nomearam a nova estrutura em carbono para o tejadilho de "exoskeleton". Combina uma célula de segurança com a cobertura do tejadilho. Com 4.326 milímetros de comprimento, o Porsche Mission R é significativamente mais curto que a atual gama 718 Cayman, mas é notoriamente mais largo, com 1.990 milímetros e a sua altura de 1.190 milímetros é significativamente mais baixa.

Ao longo dos últimos anos, com os concepts Mission E (2015) e o Mission E Cross Turismo (2018), a Porsche proporcionou antevisões inconfundíveis dos seus primeiros modelos totalmente elétricos. O Porsche Taycan (2019) e o Taycan Cross Turismo (2021) apresentam grandes semelhanças com os dois concepts em termos de imagem e tecnologia e têm sido um sucesso desde os seus lançamentos nos mercados mundiais – por outra palavras, missão cumprida. Agora, com o Mission R, a Porsche apresenta a sua visão sobre o que os clientes do desporto automóvel irão ver no futuro. Este show car celebrou a sua estreia mundial hoje, no IAA MOBILITY em Munique.